segunda-feira, 26 de julho de 2010


Coincidências poéticas...
No capítulo Quadrinhas, de Cantadores (a primeira edição é de 1921), o escritor cearense Leonardo Mota cita como da autoria de Correia de Oliveira os versos:

Ó ondas do mar salgado,
De onde vos vem tanto sal?
Vem das lágrimas choradas
Nas praias de Portugal.

É de 1922 os versos do poema Mar Portuguez, de Fernando Pessoa (Mensagem):

Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal.(...)

Um comentário:

denise disse...

que interessante! e bonito!